2.7.08

Portugal, país rosa

Portugal é um paraíso à beira-mar plantado.
A descida vertiginosa do IVA de 21% para 20%, abdicando o governo socrático duma receita estatal de 250 milhões de euros!!!
Se bem me lembro, a subida foi de 19% para 21%. Já ninguém se lembra disso por ser um ligeiríssimo pormenor.
O perdão da dívida - valor insignificante, qualquer coisinha como 249 milhões de euros - de Mozambique, país africano e membro da Commonwealth, ao qual «Portugal associa-se com todo o gosto a esta iniciativa, mas esta não é uma iniciativa bilateral de Portugal. É uma iniciativa da comunidade internacional, dos países mais desenvolvidos, no âmbito do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial (BM) para aliviar os países pobres altamente endividados», disse o ministro das Finanças português, Fernando Teixeira dos Santos que presenteou ainda a ex-província ultramarina com uma linha de crédito no valor de 100 milhões de euros.
Um verdadeiro gesto de caridade cristã, caridade capitalista e anti-colonialista!
Continuando, ler para crer, o perdão de uma dividazeca de S. Tomé e Príncipe e sendo bem capaz de alargar o gesto a outros países lusófonos no quadro de iniciativas internacionais envolvendo os "países altamente endividados".
Seguindo a excelente performance da economia portuguesa, Benfica SAD lucra 3,7 milhões de euros no 3º trimestre!!!
Segundo fonte governamental não oficial, existe uma fortíssima possibilidade de a dívida de S. Tomé e Príncipe ser paga por uma empresa portuguesa, a Benfica SAD, que assim veria reforçada a sua posição (4.ª) no mercado futebolístico, para além de aumentar e valorizar o activo da participação social da Gloriosa Instituição "Seis Milhões" (157.000 novos sócios), prevendo assim a CMVM - um crescimento exponencional com vista a atingir uma nova quota de mercado (3.ª).
A confirmar-se esta última notícia estão de parabéns os meus amigos sócios/acionistas (segundo o Novo Acordo Ortográfico):
Bruno Oliveira Santos, Duarte Branquinho, Humberto Nuno Oliveira, João Marchante, Mário Martins, Paulo Cunha P e Rodrigo Nunes que vão passar as férias juntos.

2 comentários:

pedro guedes disse...

Ilustre,
Se não tens cuidado o pneumático presidente ainda te contrata para director de marketing.
O esquema era bem 'esgalhado': além de atingirem o número mítico dos 300 mil sócios, ainda ficavam certamente com direito de preferência sobre o Miguel Trovoada e o Fradique de Menezes - para o caso de falhar o Pablo Aimar ou aquele Codina que faz de guarda-redes nos treinos do Real Madrid! ;)

Tiagojcs disse...

texto muito bem conseguido