16.1.07

A RTP fez batota!

Nota: Recebida por e-mail e sem o conhecimento da fonte desta notícia não quero deixar de a publicar apesar de não me surpreender se a mesma for autêntica. Na democracia nunca se confia.
«Como é do conhecimento público, durante os meses de Outubro e Novembro realizou-se uma votação no país com a finalidade de se saber quem eram os cem portugueses mais ilustres de todos os tempos.
Acabada a votação passaram-se semanas sem que nada transpirasse sobre os resultados da referida votação.
No "diz-se, diz-se" murmurava-se que o Professor Doutor Oliveira Salazar estaria num lugar cimeiro, a saber, entre os dois primeiros.
O silêncio, por parte da RTP imperava e, só no passado dia 13 foi para o ar um programa, apresentado por Maria Elisa, que dava conta dos cinquenta últimos classificados. O mesmo repetiu-se em relação aos cinquenta primeiros, no dia seguinte.
Para espanto dos espectadores, irá agora haver uma segunda votação entre o público em geral, para, entre os dez primeiros no qual consta o nome do antigo estadista Oliveira Salazar, se determinar quem na realidade é o vencedor.
Ora a RTP faz batota, já que a votação havia encerrado, e, nas regras do jogo jamais se falou numa segunda volta fosse para quem fosse, independentemente do resultado apurado.
O "Correio da Manhã", conseguiu apurar que "ordens superiores", emanadas da Administração obrigara à realização de nova votação, já que o vencedor havia sido mesmo o Professor Doutor Oliveira Salazar, com mais 202 votos que o segundo classificado, Luís da Camões, e mais 3122 do que terceiro, o Rei D. João II.
Segundo se apurou também, não é conveniente que um antigo"ditador"(?), seja louvado pela opinião pública como o maior português de sempre. Obrigando "o povo" a votar novamente, há assim a esperança de que o mesmo caia uns lugarzitos na classificação.
Assim é a democracia neste Portugal europeu…»

5 comentários:

motorbreath87 disse...

Não é verdade, no verão quando li sobre o programa num jornal dizia que haveria uma segunda volta que seria composta por debates e documentários sobre os 10 primeiros classificados.
A haver batotã por parte da RTP não é por ai.

Anónimo disse...

Vocês já viram quem arranjaram para defender Salazar!?

Não temos "sorte" nenhuma caralho.

Dodo disse...

Conferidas as fontes, através do formato original da BBC, verifica-se que, de facto, o que a RTP está a fazer é seguir à risca aquele formato.
A questão está em saber porque foi Salazar excluído à partida e porque não foram divulgadas as "votações" da "1ª volta". Isso sim, não consta do formato original, nem de qualquer formato que se possa entender.

Anónimo disse...

Falei com gente de confiança que assegurou não existir qualquer problema até agora,se o botas ganhar a 2ª votação, aí...
Devemos ter em conta um factor negativo adicional, que é a defesa do homem da Unita/Mpla com o seu falsete, que por si só afastará muita e boa gente.

Pedro disse...

Que a RTP queira prejudicar Salazar, parece-me um facto.

Mas os direitos de autor do programa na Europa contemplam, creio, a 2ª Volta com os 10 mais votados pela populaça.

Creio que foi assim no Reino Unido, com Churchill, e em França, com De Gaulle (ambos com 2ª volta dos 10 mais votados).